STARTUP CRIA MÁQUINA DE VENDA DE CERVEJA GELADA PARA CONDOMÍNIOS

0
8215

A Take and Go disponibiliza vending machines de cervejas geladas especialmente para condomínios

Que tal ter uma máquina de cerveja gelada no seu prédio? Isto agora é realidade graças a startup Take and Go que disponibiliza vending machines, aquelas máquinas de venda automática, só de cervejas geladas especialmente para uso em condomínios. Parceira da Ambev, a Take and Go é a primeira vending machine no Brasil a operar com tecnologia de reconhecimento por imagem e cobrança automática por app.

A geladeira tem capacidade de até 300 cervejas e pode ser alocada na portaria, na garagem ou em áreas de lazer do prédio, bastando apenas uma tomada e wi-fi disponíveis. Além de vender a bebida gelada, a máquina funciona 24 horas por dia e os rótulos tem preços bastante competitivos. A operação também é muito fácil, bastam poucos cliques na tela do smartphone, sem necessidade de maquininhas de cartão de crédito ou ter dinheiro e moedas à mão.

A máquina conta com uma tecnologia própria capaz de identificar qual item foi retirado e fazer a cobrança de maneira automática no cartão de crédito cadastrado no aplicativo. É pelo app, inclusive, que a porta é destravada por meio de um QR Code, o que garante mais segurança e a impede de ser acionada por menores de 18 anos.

A Startup é comandada pelos empreendedores Evandro Chicoria (químico), Yoshitaka Terasawa (médico) e Vinícius Orsi Valentes (engenheiro) que deixaram suas carreiras profissionais para se lançarem no empreendedorismo. Vinícius, especialista em Inteligência Artificial, ajudou a criar o protótipo final da vending machine cervejeira.

Atualmente, a Take and Go já possui 500 geladeiras operando em 15 estados brasileiros. Até o fim deste ano, a meta é chegar a três mil cervejeiras e faturamento superior a R$ 40 milhões. Isto pode se tornar realidade por conta também do recém criado sistema de licenciamento, que confere maior flexibilidade para o investidor, inclusive, de definir os rótulos alinhados com os hábitos de consumo do público local.

A parceria exclusiva com a Ambev, que possibilitou preços de mercado vantajosos, foi um ponto a favor da expansão das máquinas, que propiciam ao consumidor acesso a cervejas geladas a preços competitivos, em geral abaixo do que o encontrado em lojas de conveniência, bares ou restaurantes. A pandemia também contribuiu, de certa forma, pois as pessoas ficaram mais em casa e passaram a ter à sua disposição uma geladeira cheia de cerveja 24 horas por dia, sem a necessidade de sair do condomínio para comprar.

SEM COMENTÁRIOS